Gliss Kur Oil Nutritive, máscara capilar da Schwarzkopf

Postado por:

Eu adoro os produtos da Schwarzkopf, em especial da linha Gliss Kur. Sempre que tenho oportunidade, experimento um diferente.

Recentemente testei a máscara Gliss Kur Oil Nutritive Repair Butter Mask, que é indicada para cabelos compridos sem brilho e com as pontas danificadas.

Sobre o produto

A fórmula do Gliss Kur Oil Nutritive possui 7 óleos de tratamento, além de substâncias idênticas às do cabelo, que prometem reparar e preencher até os danos mais severos. Na embalagem está escrito que o produto protege intensivamente as pontas e deixa os cabelos mais brilhantes.

Ela tem uma consistência bem diferente, parece uma manteiga mesmo. O perfume é muito marcante, mas gostoso.

No Brasil, é possível comprar no Mercado Livre e custa em torno de R$ 50,00.

Gliss Kur Oil Nutritive

Como aplicar o Gliss Kur Oil Nutritive

Conforme as instruções do rótulo, você deve aplicar nos cabelos após o shampoo, evitando a raiz. Em seguida, deixar agir por três minutos e enxaguar.

Na primeira vez que utilizei, senti que meu cabelo ficou muito “pesado”, ou seja, sem movimento. No entanto, os fios pareciam mais preenchidos, o que me levou a dar uma segunda chance para ele.

Por isso, inventei uma nova maneira de aplicar, e achei que deu super certo! Eu faço assim:

  1. Primeiro, eu passo o creme no cabelo ainda seco, antes de ir pro banho. Tomo o cuidado de espalhar por todos os fios, mas evitando a raiz. Deixo agir por alguns minutos.
  2. Lavo normalmente, retirando muito bem o produto.
  3. Uso o condicionador como de costume.

Aí, sim! =)

O que eu achei

Utilizando dessa maneira, senti que meu cabelo ficou muito mais forte e resistente. Dá a impressão de que o produto realmente preenche os fios. Acho que é perfeito para quem tem os fios finos como os meus, porque eles ficam muito fortalecidos.

De vez em quando, quando lembro dele, uso para fazer uma hidratação, e ele não perdeu seu efeito. Mas o segredo é lavar muuuito bem a cabeça, pra retirar totalmente o produto, senão o cabelo fica pesado.

Conclusão

  • Recomendo: sim.
  • Vou continuar usando: sim.
  • Relação custo x benefício: boa.
  • Pontos positivos: preenche os fios, fortelece o cabelo.
  • Pontos negativos: dificuldade para retirar o produto, pois ele “gruda” nos fios.
0

Água termal, para que serve?

Postado por:

Afinal de contas, a água termal, para que serve? Aposto que você já viu na farmácia aquela embalagem em spray de água termal. Eu sempre me perguntava, “como pode um vidrinho com 300 ml de água custar mais de R$ 50,00 ?”… e, com tantos cosméticos necessários, ela me parecia algo muito supérfluo.

Até que um dia ganhei a água termal da Vichy e tive a oportunidade de experimentar.

Continuar Lendo →

0

Shampoo e condicionador Gliss Karité Cashmere – Eu testei!

Postado por:

Olá!!!

O meu primeiro contato com a linha Gliss da Schwarzkopf aconteceu há mais de um ano, numa viagem. Na Europa eles são produtos populares, com preço bem acessível (em torno de 3 euros a embalagem), e vendidos em qualquer mercadinho.

Animada com o preço, pois os produtos da Schwarzkopf aqui no Brasil custam uma fortuna, decidi experimentar. Amei!!! Trouxe muitos, achando que estava exagerando, mas no fim me arrependi de não ter trazido mais.

Continuar Lendo →

0

Hidratante facial Nivea Q10 – Eu testei!

Postado por:

Olá!!

Os hidratantes faciais da linha Nivea Visage Q 10 Plus possuem sistema antirrugas que promete reduzir as linhas de expressão em até 3 semanas, e as rugas em até 4 semanas. Além disso, possuem FPS15 e proteção UVA e UVB para ajudar a prevenir novos sinais. O uso dos produtos é indicado a partir dos 25 anos de idade.

Continuar Lendo →

6

Dove Summer Tone – Eu testei!

Postado por:

Olá! Tudo bem com vocês? Hoje vamos falar sobre o hidratante autobronzeador Dove Summer Tone.

Eu sempre fui extremamente branca. Nunca tive problema nenhum com isso, sempre mostrei as pernas mesmo quando estavam muito pálidas, mas claro que, quando possível, tentava pegar uma corzinha. O problema é que, quando eu morava em Curitiba, quase não tinha oportunidade de tomar sol. Quando vim morar no Rio comecei a ir a praia com mais frequência, no entanto ficava vermelha e nada do bronzeado aparecer.

Continuar Lendo →

0
Página 6 de 6 «...23456